Atenção

Fechar

Notícias

Alta precisão do aço viabiliza novo conceito de morar ABCEM, 22/01/2020

Profissionais consolidados nos ramos da construção industrializada e imobiliária se uniram para criar a Urbic - um novo jeito de viver. Marco Parizotto com 18 anos de experiência na incorporação de casas de alto padrão e na venda fracionada de propriedades de férias, juntamente com Flávio Lino e a Luiz Henrique Ceotto, que vieram da incorporadora e da Tishman Speyer, formaram a Urbic Incorporadora e Construtora.

A Urbic compra em terrenos pequenos e médios, que são pouco procurados de 600 a 1.000 m² e constrói prédios de 8 a 15 apartamentos, 3 a 6 por andar, de médio e alto padrão. “Utilizamos sistema industrializado de construção, com estrutura metálica, lajes pré-fabricadas e fachada de concreto pré-moldado com fibra de vidro. "Esse sistema não gera quase resíduos, cerca de 10kg, sendo que o método convencional gera mais de 200 kg por metro quadrado de área”, afirma Ceotto.

Os imóveis são entregues com itens de acabamento, como piso, fechamento de varanda, ar-condicionado instalado, revestimento de bancada entre sala e cozinha e sistema de aquecimento de água central. Os compradores podem optar por compra de pacote de produtos como móveis e eletrodomésticos. Os empreendimentos têm portaria remota, com monitoramento das áreas comuns, durante 24 horas, e "locker" para recebimento de entregas. Esses sistemas possibilitam menor custo de condomínio em comparação a outros prédios com poucas unidades. “O prazo de entrega é 6 a 9 meses e isso se dá pela alta precisão das técnicas e materiais construtivos utilizados que garantem agilidade, alta qualidade e segurança. As estruturas são mistas, com pilares tubulares em aço preenchidos de concreto armado de alta resistência, dispensando o uso das formas de madeira. As vigas são metalúrgicas e as lajes são pré-fabricadas com capeamento de concreto, no local da obra, também eliminando as formas de madeira. “Em uma obra tradicional, essa etapa dura, em média, oito meses. Com o modelo da Urbic, o prazo cai para dois meses”, explica Luiz Henrique Ceotto, sócio da incorporadora.

Na fase de fachada, a Urbic utiliza concreto pré-moldado com agregado exposto colorido, fixado diretamente na estrutura, o que dispensa colocação de tijolos, argamassa, além da pintura tradicional. Essas estruturas já são entregues pela fábrica com as esquadrias das janelas fixadas.

As paredes são de drywall acústico. O sistema hidráulico é produzido em chassis pré-fabricados. “Toda a tubulação chega do fabricante pré-montada e testada”, afirma Ceotto. Já as instalações elétricas são feitas em “chicote” (conectado e testado)”.

Em 2019 a empresa já lançou o Urbic Ibirapuera, na rua Abílio Soares e, até o final do ano, a incorporadora totalizará um VGV (valor geral de vendas) de R$ 100 milhões, com mais outros dois residenciais, nos bairros de Moema e Vila Mariana. O Urbic Ibirapuera é composto por uma torre, com oito pavimentos, com um total de 21 unidades com plantas de 47m² e 77m², além de três unidades “garden”. Todos os apartamentos possuem box para bicicleta e vaga de garagem com ponto para bateria para carro e bicicleta elétricos.

O projeto
Marca: Urbic
Empreendimento: Urbic Ibirapuera
Endereço: Rua Abílio Soares, 1149 – Ibirapuera
Construção: Uniq
Incorporação: Urbic
Arquitetura: Arkitito Arquitetura
Design de interiores: Mestisso Arquitetura & Interiores
Projeto de Paisagismo: Mera Arquitetura Paisagística


Voltar

Inscreva-se