Atenção

Fechar

Notícias

Dupla visibilidade alia aço e vidro em área nobre de São Paulo 26/04/2018

Vigas mistas, pilares mistos totalmente revestidos e núcleo de concreto formam o sistema estrutural de 29 pavimentos e 4 subsolos

Não há como passar pela Vila Olímpia, mais precisamente no cruzamento da Rua Funchal com a Avenida Juscelino Kubitschek, bem em frente do Shopping JK Iguatemi, e não se deslumbrar com as duas torres construídas no local. Hoje, consideradas cartão postal da maior metrópole brasileira.

A São Paulo Corporate Towers é um projeto do escritório de arquitetura Pelli Clarke PelliArchitects, autor de renomados projetos pelo mundo. O empreendimento é composto por duas torres de escritórios altamente sustentáveis, cada uma com 64.000 m² de área locável.

Concluída em Dezembro de 2013, ficou pronta em 16 meses, utilizando 7.120 toneladas de aço em perfis laminados e soldados. Foi executada pela Codeme Engenharia, líder na construção de Edifícios de Andares Múltiplos de aço no Brasil com fábrica que se destaca entre as maiores e mais modernas da América Latina, que é associada da ABCEM (Associação Brasileira da Construção Metálica).

Vigas mistas, pilares mistos totalmente revestidos e núcleo de concreto formam o sistema estrutural de 29 pavimentos e 4 subsolos, com divisórias internas de  painéis de gesso acartonado e fachada externa em painel de fechamento em estrutura de alumínio e vidro (pele de vidro). Além das duas torres, o projeto incorpora uma extensa paisagem, restaurantes e centro de conferências acima de um estacionamento subterrâneo de cinco andares e doca de carga, totalizando 258.000 metros quadrados.

A versatilidade do aço que permitiu pilar curvo e inclinado foi a grande curiosidade da obra.

As torres têm destaque especial, pois o local permite grande visibilidade da Marginal Pinheiros, do rio e uma das principais artérias de transporte de São Paulo. O design responde a essa localização e configuração especiais do site com um par de duas torres esculpidas que formam uma composição dinâmica. As torres são semelhantes em suas plantas baixas, mas são orientadas de maneira diferente no site, de modo que pareçam ser duas formas muito diferentes de todas as abordagens principais. As torres de escritórios aumentam para 139 metros, cada uma com aproximadamente 67mil metros quadrados de área útil.

O local também conta com um prédio de conveniência com restaurantes e um centro de convenções modular com área total construída de 2.500 metros quadrados. Abaixo do nível é um adicional de 120.000 metros quadrados de estacionamento, totalizando 4.184 vagas. O plano terrestre do projeto é projetado como um parque urbano extensivamente ajardinado que preserva 171 árvores de espécies plenamente maduras existentes na Mata Atlântica. Uma série de terraços e um telhado totalmente plantado incorpora o edifício de amenidades nesta paisagem com jardins pontuados e áreas de estar.

O desenvolvimento do empreendimento envolveu, ao todo, mais de 50 projetistas, nacionais e internacionais, que harmonizaram cada etapa do edifício de forma a criar um complexo moderno e eficiente, sendo o primeiro empreendimento comercial com a pré-certificação LEED Platinum 3.0 Core and Shell, estabelecido pelo United States Green BuildingCouncil na América Latina.

Ficha técnica:

Obra: Viol - São Paulo Corporate Towers
Endereço: Av. Pres. Juscelino Kubitschek com Rua Funchal
Bairro: Faria Lima / JK
Cidade: São Paulo
Estado: SP
Cliente: Camargo Corrêa
Arquitetura: Pelli Clarke PelliArchitects
Estruturas metálicas: Codeme Engenharia
Quantidade de aço: 7.120 t
Fechamento: Novembro/2011
Área/Andar: 1.805 a 2.570 m²
Pavimentos: 29


Voltar

Faça seu login

Não é cadastrado?
Faça agora seu cadastro no site da ABCEM e tenha acesso as inscrições online. O cadastro no site da ABCEM é gratuito, simples e rápido.

Quero me cadastrar