Atenção

Fechar

Notícias

Notícias

Gasmig inicia obras do Gasoduto Centro-Oeste em Minas Gerais com tubos de aço Tuper 04/06/2024

 

A cerimônia de lançamento do projeto contou com a presença governador do Estado de Minas Gerais, Romeu Zema, demais autoridades e representantes de diversos setores da comunidade

Um evento no município de Juatuba, região metropolitana de Belo Horizonte marcou o início das obras do Projeto Centro-Oeste da Companhia de Gás de Minas Gerais – Gasmig. Com a presença do governador do Estado de Minas Gerais, Romeu Zema, e de representantes de diversos setores da sociedade pública e privada, incluindo o presidente e CEO da Tuper, Frank Bollamnn, a cerimônia, ocorreu no dia 4 de março.

O ato deu início ao processo de ampliação do Sistema de Distribuição de Gás Natural (SDGN), que  terá aporte de mais de R$ 800 milhões e possui, sobretudo, potencial para gerar mais de 15 mil novos postos de trabalho diretos e indiretos.

Obra amplia a distribuição de gás natural para a população mineira

O gasoduto deverá passar por oito municípios mineiros: Betim, Divinópolis, Igarapé, Itaúna, Juatuba, Mateus Leme, São Joaquim de Bicas e Sarzedo. Juntas, as cidades respondem por 10% do Produto Interno Bruto (PIB) industrial e 7% do PIB total de Minas Gerais e contabilizam aproximadamente 1 milhão de habitantes, ou seja, 5% da população do Estado. A obra é aguardada com expectativa pelo setor produtivo e pela população.

Segundo Gilberto Valle, presidente da Gasmig, “no Brasil, apenas 13% da população utiliza o gás natural como matriz energética, mas em Minas estamos ampliando esta utilização. E temos grandes oportunidades no segmento. Mas queremos expandir e estamos retomando grandes investimentos. Até 2027, serão aproximadamente R$2,3 bilhões. E, se somarmos, até 2032, vamos investir R$ 5,2 bilhões”.

Frank Bollman, presidente e CEO da Tuper, complementa: “a Tuper tem participado de importantes projetos de gasodutos em diversos Estados do Brasil. Possuímos uma ampla linha de produtos e serviços que tem atendido, de maneira bastante eficaz, às demandas do setor de óleo e gás. Nos sentimos honrados pela presença da Tuper no desenvolvimento da infraestrutura do nosso país“.

Tuper está presente no projeto com Tubos de condução API 5L

O Gasoduto Centro-Oeste é o maior projeto de expansão no segmento desde 2010. Assim, a construção vai permitir o aumento de cerca de 300 km em extensão em linhas do sistema, um acréscimo superior a 23% da malha atual da companhia. O potencial de consumo de gás natural do projeto é em torno de 230 mil m³/dia. A captação estimada de quase 1.000 novos clientes industriais e comerciais.

A Região Oeste de Minas abriga um importante polo industrial, mas ainda não possuía infraestrutura de distribuição de gás natural. O combustível é conhecido pela baixa emissão de poluentes.

Para esta obra, a Tuper está fornecendo um volume aproximado de 120 km de Tubos API 5L com revestimento externo em polietileno tripla camada, em diâmetros variados de  2″ a 10 “.

Conheça os Tubos API 5L Tuper: tecnologia e qualidade para projetos de gasodutos

Os tubos API 5L da Tuper para aplicação Line Pipe oferecem uma combinação eficaz de resistência e tenacidade. Além disso, atendem a demandas e exigências de diferentes projetos onshore da  indústria de óleo e gás. Representam, dessa forma, uma solução confiável e eficiente para diversas aplicações de condução.

Confira algumas características técnicas dos tubos API 5L fabricados pela Tuper:

  • Graus: B, X42, X46, X52, X56, X60, X65, X70
  • Nível de especificação: PSL-1 e PSL-2
  • Dimensionais Atendidos: 60,30 mm (2 ?”) a 323,90 mm (12 ¾”)
  • Comprimento tubos pretos: 6 m a 14 m
  • Comprimento tubos revestidos: 8 m a 13,5 m.

 

Fonte: Divulgação Tuper


Voltar

Leia mais:

Notícias

Notícias

Inscreva-se

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.