Atenção

Fechar

Notícias

Notícias

Isoeste Metálica chega a Minas com nova fábrica ABCEM, 20/07/2021

Focada na parceria e com objetivo de fortalecer a presença da empresa na região sudeste com soluções de engenharia para fomentar as obras de seus clientes, a Isoeste Metálica, agora está em Minas Gerais. A empresa inaugurou recentemente uma moderna unidade fabril em São Sebastião da Bela Vista. E para saber um pouco mais sobre o que representa essa nova unidade, a ABCEM conversou com o diretor executivo da Isoeste Metálica e membro do conselho de administração da Kingspan Isoeste, Túlio Benedetti, engenheiro e mestre pela Unicamp (SP).

ABCEM – Como nasceu a Isoeste Metálica?

A Isoeste Metálica é fruto de um grande legado do grupo Isoeste que tem 38 anos de mercado e nasceu com o propósito de ampliar o mix de produtos para nossos parceiros, estruturistas e construtoras. Nosso modelo de negócio consiste em fornecer soluções de engenharia para fomentar as obras de nossos clientes, sem interesse comercial com o cliente final.

Geralmente os elementos secundários da construção metálica (terças, joists, deck, perfis) são mais artesanais e consomem muita mão-de-obra. Nós fabricamos esses elementos em máquinas automatizadas, agregamos serviços e entregamos diretamente na obra. O propósito é que nosso cliente foque nos elementos primários e consiga pegar mais obras ao mesmo tempo.

ABCEM - Quantas unidades fabris a Isoeste Metálica tem atualmente?

Temos duas plantas, sendo a matriz em Anápolis (GO), fundada em 2011, e agora, a nossa primeira filial no sul de Minas, que iniciou as operações em junho desse ano.

ABCEM - Quais soluções e/ou produtos são fabricados?

Fabricamos um amplo mix de perfis metálicos, como sistema de cobertura com terças Z, perfis para joists 100% parafusadas, steel deck, perfis light steel frame, perfis para estruturas fotovoltaicas, dentre outros.

ABCEM - Qual a capacidade atual de produção da Isoeste Metálica?

A nossa capacidade instalada é de aproximadamente 100 mil toneladas/ano.

ABCEM - Qual a estrutura dessa nova unidade em Minas Gerais?

Temos máquinas automatizadas para soluções de engenharia, a fim de fomentar as obras de nossos clientes estruturistas das regiões sul e sudeste.

ABCEM - Qual o potencial de produção dessa nova unidade?

A produção é de 40.000 toneladas/ano.

ABCEM - Projetada em 2019, quantos empregos provisórios e fixos foram gerados com essa filial?

Durante a obra, foram mais de 200 empregos indiretos. Atualmente, no início da operação, contamos com 40 empregos diretos.

ABCEM - Como é expandir num momento de pandemia onde os outros mercados estão em retração?

Na verdade, para a construção civil, o momento foi de expansão durante a pandemia, mesmo com sucessivos aumentos de matéria-prima. Acredito que o desafio maior virá agora, na expectativa de que o mercado mantenha o ritmo de crescimento. De qualquer forma, seguimos investindo e acreditando em uma construção metálica mais eficiente e sustentável.

 


Voltar

Inscreva-se